[Artigo] 5 Dúvidas olímpicas que respondo frequentemente!

[Artigo] 5 Dúvidas olímpicas que respondo frequentemente!

Tempo de leitura: 5 minutos

Olá…

Desde que entrei na faculdade de Educação Física, sempre recebo algumas perguntas a respeitos dos atletas olímpicos. Algumas são “mitos populares”, outras são pura curiosidade de quem admira aqueles atletas magníficos em suas funções. Geralmente os questionamentos são relacionados ao biótipo dos atletas.

Vou tentar esclarecer essas dúvidas de forma breve e simples. Caso você seja um profissional da saúde ou do esporte e queira contribuir com sua opinião, ficarei muito grato, pois sou muito curioso e gosto de aprender coisas novas diariamente.

 

1 – Praticar ginástica olímpica deixa a pessoa baixinha?

Na verdade, a ginástica olímpica é uma modalidade que exige muita força e agilidade dos atletas, pois eles fazem muitas acrobacias. Os indivíduos mais baixos possuem o “centro de gravidade” mais próximos do chão, e isso os proporciona mais equilíbrio e estabilidade em comparação às pessoas maiores. Dessa forma, à medida que os treinos vão evoluindo, as crianças “maiores” tem mais dificuldades do que as “menores” para a realização dos movimentos acrobáticos. Por causa dessa dificuldade, os “maiores” acabam abandonando os treinos e buscando outra modalidade. Por outro lado, os “menores” tendem a evoluir e se desenvolver, tornando-se campeões nessa modalidade.

 

2 – Praticar basquete faz a pessoa crescer?

Já está mais do que provado que a pratica esportiva estimula e desenvolve as crianças, tanto física, quanto psicologicamente. Porém, ao contrário do exemplo acima, o basquete é um esporte que favorece os “maiores”. Posso citar inúmeros casos de “baixinhos” que dão show no basquete, porém são as exceções. A medida que os treinos e as competições evoluem, os menores têm mais dificuldades. Quando olhamos um baixinho jogando basquete numa olimpíada, pode ter certeza que ele tem cerca de 1,90m de altura.

 

3 – Fazer natação deixa os ombros largos?

A natação é um esporte fabuloso. Estudos mostram que as pessoas que tem troncos maiores em relação às pernas se destacam nesta modalidade. Ao contrário disso, nas corridas, os que têm pernas maiores em relação ao tronco levam vantagem. Como dito anteriormente, os esportes estimulam o desenvolvimento do físico, mas nunca ultrapassam os limites genéticos.

 

4 – Por trabalhar braços e pernas a natação é o esporte mais completo que existe?

Por muitas vezes ouvi esse tipo de comentário. Porém na musculação também se trabalha braços e pernas. No basquete também se trabalha braços e pernas, etc. O fato é que não existe um esporte completo. Cada um tem seus pontos fortes e fracos. A natação tem algumas características que a torna especial. Uma das características é que por ser realizada dentro da água, estimula o sistema respiratório de uma forma um pouco diferente dos demais esportes. Outra característica interessante é que a natação é um esporte bilateral, ou seja, os 2 braços e as 2 pernas tem que fazer a mesma força, senão o nadador faz uma curva e colide com a raia. Ao contrário disso, esportes como basquete, vôlei, futebol e tênis estimulam mais o lado dominante. Não se vê um jogador de tênis jogar o primeiro set com o braço direito e o segundo com o braço esquerdo por exemplo.

 

5 – Por que alguns corredores são bem musculosos e outros são bem magros?

Por vários motivos genéticos, principalmente pela predominância das fibras musculares. Os corredores mais “magros” são aqueles que correm corridas longas (1500m, 3000m, 5000m, 10.000m e a maratona 42.195m). Eles possuem predominância de fibras musculares do tipo I, também chamadas de fibras vermelhas por causa de sua aparência no microscópio. Essas fibras são ricas em mitocôndrias, responsáveis por produzirem grande quantidade de energia através do oxigênio.  São, portanto, fibras musculares que proporcionam aos atletas uma grande resistência, ou seja, grande capacidade aeróbica, permitindo que os atletas se exercitem por longo período de tempo. Por outro lado, essas fibras são de contração lenta e possuem baixa capacidade de hipertrofia, o que os deixa com aparência de “magreza”. Já os atletas musculosos possuem predominância de fibras musculares do tipo II, também chamadas de fibras brancas. Estas são de contração rápida, proporcionando aos atletas muita força e “explosão” (velocidade). Elas também possuem grande capacidade de hipertrofia, que é o aumento do tamanho da célula, por isso a aparência “musculosa”. Estes atletas, além de muito rápidos, tem seus músculos grandes e bem definidos, porém suas provas não duram mais que 45 segundos (100m, 200m, 400m). É importante frisar que tantos os de aparência magra, quantos os musculosos possuem níveis baixíssimos de gordura corporal.

Se você quiser acrescentar algum conhecimento, por favor, me envie seu comentário.

 

Gostou do artigo? Então deixe um comentário, ou apenas escreva gostei. Isso me motiva a continuar produzindo conteúdos de qualidade.

Compartilhe com seus amigos e curta nossas páginas nas redes sociais. No rodapé deste blog estão todos nossos endereços.

Conheça meu aplicativo com 100 treinos de caminhada + 100 dicas + Avaliação Física. Tudo grátis! Disponível para Androide e IOS.

Cadastre seu e-mail para receber conteúdos exclusivos grátis!

Todas as segundas, quartas e sextas eu envio uma dicas sobre saúde e exercício. Acompanhe essas dicas nas redes socias: Facebook, Linkdin, Instagram, Twitter, ou receba por Whatsapp.

Se quiser receber essas dicas no seu celular, por Whatsapp, basta me enviar uma mensagem dizendo “eu quero receber as dicas”. Meu número é (15)99741-3773. É grátis!!!

Um grande abraço,

Helio Marconi Gerth

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *